25/12/2009

Diversidade de Sabonetes

.
Ultimamente tá foda. Você vai pra gôndola de sabonetes e tem sabonete de guaraná, de pêssego, de flores ativas, de kiwi, maracujá, ervas do caralho a quatro, etc etc. Precisa do Google pra saber quais destes não vão prejudicar seu saco.

Mas o pior não é isso. A viadagem não acaba aí. As porras dos sabonetes têm polpa de fruta. Ti fudê! O sabonete de pêssego vem com pedacinhos no meio. Já o de guaraná e o de kiwi têm as sementes incrustadas.

Aí, ah... amigo, aí que tá o problema. O meu amigo José Ferreira, o Josu (leitor assíduo do Vale Bomba), adora esses assuntos. Ele vai me entender bem.

O problema é quando você entra no banheiro, determinado, com a testa suando, suando desde a entrada no elevador, aquele nó na tripa pra segurar o mandruvá lá dentro... precisando do bom e velho CAGANHO (CAGANHO: Alivia o intestino, limpa o corpo por dentro e depois você limpa o resto no chuveiro.). Pra saber mais sobre o Caganho, clique aqui:

http://valebomba.blogspot.com/2009/06/dizem-que-o-cachorro-e-o-melhor-amigo.htmlogspot.com/2009/06/dizem-que-o-cachorro-e-o-melhor-amigo.html


Aí, amigo... você derrete tudo! Espanta os pernilongos, acorda o nenê com os estampidos roucos, abafados dentro da porcelana, deixa a água da dentadura da Vó impregnada com o cheiro e, sem se importar com a qualidade do ar, respira aliviado... inspira profundamente e sente o coração bater mais solto.

Você é novamente rei dos seus domínios! Então, entra no banho (afinal, você não quer acabar com o estoque de papel higiênico da residência). Dá aquela enxaguada beleza no rabote, mas não percebe as malditas badalhocas, penduradas feito Tarzã ali no orifício.

Então você desliza o seu sabonete de pêssego do cóccix ao períneo. E quando ele sai, fudeu! Aquela cor meio de merda na banheira do sabonete de pêssego, misturada à passagem ali pela região do estrago... e aí vem a dúvida: que caralho agora é a polpa do pêssego e que caralho é a badalhoca que grudou ali???

Como decidir qual dos pontos arrancar com a unha? Qual pedaço deve-se deixar a água quente derreter? Qual lado evitar de passar no sovaco??? (Imagina o estrago da badalhoca trocando os pêlos do cu pelos pêlos do sovaco??? Esse é um risco que você não pode correr JAMAIS! ) É preciso cheirar? É preciso olhar as micro-ranhuras deixadas no sabão? Qual a saída???

A saída? É amigo, a saída é boicotar essas merdas (literalmente) de sabonete e usar o bom e velho Sabão de Coco. Sabão de macho. A começar pelo nome. Não é “Sabonete” de Coco. É Sabão de Coco mesmo, PORRA! Sabonete é nada mais é que um sabão boiola. “Sabonete”... Tomá no cu da mãe de quem falô!

Com essa estratégia, você vai ter sempre certeza se o que tá na sua frente é um Sabão de Coco ou um Sabão de Cocô. Não tem erro. Não tem dúvida. A não ser que você seja bicha o suficiente pra achar que é um Sabonete de Flocos.





P.S. - O que não vale é limpar o rabote com esse sabonete aqui de cima. A não ser que você use lenço no pescoço.
.

22/12/2009

Protesto popular

Cliquem na imagem para conhecer a opinião de um cara que discorda com certa veemência dos conservadores ensaios da revista Playboy. Pró-ativo, ele dá uma sugestão para melhorar a qualidade das fotos e aponta uma discrepância entre o valor da mesma e sua qualidade editorial.

Achei válido.


21/12/2009

Santa Ignorância

Como alguns sabem, estou trabalhando num navio,como técnico de som. Tudo indo muito bem por aqui, muito trampo, muita putaria, muita cachaça, etc.

Mas ouço muita merda também. Os passageiros são cretinos.

Vou dividir com vcs algumas das pérolas:

Vc volta pra casa depois que as bandas terminam de tocar?
As escadas perto dos elevadores sobem ou descem ?
Que horas é o buffet da meia-noite?
Por que a festa do pôr-do-sol não é de noite como as outras?
Vc pode pedir pro capitão virar o navio, pra eu ficar de frente pro sol ( juro por Deus)?
Quem é o responsável pelas gaivotas?

As pessoas são retardadas, puta que pariu.

Fora a galera que pergunta como fala “tudo bem?” em BRASILEIRO.

É isso aí, feliz natal,e que o bom velhinho esvazie o saco com todos vcs.

18/12/2009

Moda para o Carnaval

TOMARA QUE CAIA:





TOMARA QUE NÃO CAIA:

16/12/2009

escada é boa pra exercitar

Essa é pra você que é mulher, tomou banho de perfume e entrou no elevador:
- vai se fuder e usa a escada, porra.

13/12/2009

a mão de milhões

Que máfia o caralho...o maninho carregou o desejo da maioria sã desse planeta e desovou um gancho na boca do Berluscas, o último dos direitas, o até então intocável soberano daquilo que eles chamam de Itália.

Monstro...o muleque, obviamente. Tem que dar um prêmio pro sujeito. Inclusive traz ele pra cá que tem uns 200 caras pra ele dar um apavoro.



12/12/2009

junk mail abusando



demais o nome das fotos...

10/12/2009

começou o espírito natalino

essa é a carta que a Leila Lopes deixou no seu leito de morte. e os meus comentários (em itálico), enquanto lia essa merda.

"Eu não me suicidei (não... fui eu), eu parti para junto de Deus (inclusive ele existe). Fiquem cientes que não bebo e não uso drogas (e nem dá a bunda), eu decidi que já fiz tudo que podia fazer nessa vida (ou seja, nada). Tive uma vida linda, conheci o mundo, vivi em cidades maravilhosas (Osasco e Sapopemba), tive uma família digna e conceituada em Esteio (onde?), brilhei na minha carreira (rainha do pornô 2008), ganhei muito dinheiro e ajudei muita gente com ele. Realmente não soube administrá-lo e fui iludibriada [sic] por pessoas de má fé várias vezes, mas sempre renasci como uma fênix que sou e sempre fiquei bem de novo. Aliás, eu nunca me importei com o ter. Bom, tem muito mais sobre a minha vida, isso é só para verem como não sou covarde (imagina, suicídio é um ato nobre) não, fui uma guerreira, mas cansei. É preciso coragem para deixar esta vida (a mesma coragem necessária pra dar o toba). Saibam todos que tiverem conhecimento desse documento que não estou desistindo da vida (por que a gente iria pensar isso?), estou em busca de Deus (era só rezar, filha). Não é por falta de dinheiro, pois com o que tenho posso morar aqui, em Floripa ou no Sul. Mas acontece que eu não quero mais morar em lugar nenhum. Eu não quero envelhecer e sofrer (quer ser Peter Pan agora?). Eu vi minha mãe sofrer até a morte e não quero isso para mim. Eu quero paz (o Bono Vox também)! Estou cansada, cansada de cabeça! Não aguento mais pensar, pagar contas, resolver problemas (vira puta, ué)... Vocês dirão: Todos vivem!!! Mas eu decidi que posso parar com isso, ser feliz, porque sei que Deus me perdoará (A ingreja perdoa mutcho os suicidas) e me aceitará como uma filha bondosa (afinal, todo mundo aceita uma filha que faz filme pornô) e generosa que sempre fui (exacto, você sempre deu muito)."



03/12/2009

José Mayer

Na boa, você aguenta o José Mayer?

Olha, quem aqui escreve não entende absolutamente nada de dramaturgia, muito menos telenovela. Foda-se, ele é muito chato.
Os papéis são exatamente iguais. É sempre ele pegando uma gostosa, geralmente uns 20 anos mais nova.
Aí ele faz aquela cara de comedor, aquele tipinho, até imagino a bichona do diretor falando: "Zé, agora aquela sua expressão facial...aquela que nenhuuuma mulher resiste...ISSOOO, essa mesma! (5 segundos) Taís...vai lá no colo dele...vai logo, porra..."

Falando em novela, puta coisa chata. A úlltima que eu assisti era boa...VAMP. Essa sim, com a Luciana Vendramini. Ela dava um banho de atuação no Ney Latorraca.
Tinha o Matosão figura.
Se bem que é tudo a mesma merda, né...homem assiste isso? Só se for viado, né...ou porque quer ver alguma gostosa. Só pode ser.

Bom, vou voltar aqui porque o José Mayer tá encaçapando uma mina...falô. Abraço.

Chupa, YouTube. Chupa, Kaiser

Está aí o que vocês queriam...


24/11/2009

23/11/2009

CAMPANHA: COMA A SUA EMPREGADA

Casal que faz faxina junto tem vida sexual mais ativa

Estudo revela que frequência do sexo aumenta com a faxina

Por Minha Vida Publicado em 11/11/2009

Uma faxina a dois pode ser muito mais produtiva do que simplesmente deixar a casa brilhando. Um estudo norte-americano publicado no Journal of Family Issues revela que casais que cuidam da casa juntos praticam mais sexo do que aqueles que fogem das atividades domésticas.

Segundo os pesquisadores, as horas gastas lavando pratos e varrendo a casa são proporcionais à frequência de relações sexuais. A pesquisa foi realizada com mais de 6.800 casais que responderam perguntas sobre idade, duração do casamento, educação e renda. Ao fim do estudo, identificou-se que as mulheres passam 42 horas semanais cuidando da casa. Já os maridos dedicam 23 horas por semana. Da mesma forma, os homens passam 34 horas trabalhando fora enquanto as mulheres gastam uma média semanal de 20 horas.

Segundo os pesquisadores, o que influencia na frequência em que as relações sexuais ocorrem é o padrão de comportamento desses casais, que aponta maior sinergia e parceria. Além disso, os pesquisadores também perceberam que homens e mulheres que passam mais tempo no trabalho também tem mais relações sexuais, possivelmente por serem mais ativos.

20/11/2009

A Vida Imita a Arte



18/11/2009

Cu doce azeda tudo

O que se passa na cabeça de uma mina, que se sente ofendida quando sai com um cara pela primeira vez, e ele saca uma camisinha na hora de meter?

Vai se fuder, filhota!!!

“Como assim vc tem camisinha?? Já tava pensando em me comer? Que absurdo!!

Larga mão de ser cara de pau, sua biscate. Vc quer dar e fica com frescurinha?? Achando um absurdo o manhoso ter uma camisola.

Óbvio que o cara já tava pensando em te comer. Ele só não te comeu antes porque não deu. E nem vem falar que vc não saiu pensando em dar.

Ao invés de achar bom, que o brother é responsável, precavido, etc, se finge de ofendidinha. Tá com tanta vontade de dar que nem consegue mais respirar direito, mas acha que tem que manter pose de santinha.

Depois leva uma surra de pau mole e reclama da vida.

EM ANEXO é o caralho

1. O documento segue em anexo

2. As fotos estão no anexo.

3. A foto está anexa.

Qual o jeito certo de usar?

Anexo é um adjetivo, portanto, ele deve combinar com o nome ao qual se refere.

Na número 1 é usada a expressão “em anexo” que, apesar de bastante usada por retardados mentais, não é da índole portuguesa, já que é formada por uma preposição seguida de um adjetivo. Se você usa esse tipo de frase, você é MUITO burro.

Na número 2 o adjetivo anexo é usado como se fosse um substantivo. Você também é burro.

A número 3 está certa, pois anexa concorda com o substantivo foto. Parabéns.

12/11/2009

love hurts

uma música para acalmar corações partidos...

10/11/2009

Café com leite

Outro dia estava vendo tv, e algum idiota falava com o maior orgulho do mundo que o Brasil não tinha sido atingido pela crise, que o país era forte, etc e tal.

Aí comecei a pensar: será mesmo que o Brasil é tão foda assim, ou é simplesmente um café com leite que nem entra na brincadeira, interrogação.

Acho que a segunda opção é mais compatível com a realidade.

Podemos fazer uma analogia simples: a economia mundial ( campeonato brasileiro) e a economia brasileira ( pelada no Playball com os trutas ).

Imaginem uma crise no Brasileirão, árbitros comprados, times sem dinheiro, estádios vazios, etc. Os times começam a perder patrocínio, a tv não quer mais comprar os direitos de transmissão, os jogadores são vendidos, a torcida não quer mais assistir aos jogos ao vivo, etc.

Vc vai deixar de bater aquele futebas com os brothers na segunda de noite, interrogação. Vai afetar em alguma coisa aquela pelada pra vc queimar a cachaça do final de semana, interrogação.

É a mesma coisa com o Brasil, caralho!!!! A crise só afeta quem tem bala na agulha.
Então, seu bosta, para de se orgulhar, achando que a crise não afetou o país, porque ele é forte. Ele não foi afetado, justamente porque ele é falido, e nem a crise quer chegar perto dele.

Não sei onde é a interrogação nessa porra de teclado.

08/11/2009

fool for a lifetime

Para comprar bebida alcoólica tinha que usar uma pulseirinha branca, comprovando que você tinha mais de 18 anos. Mas o legal é que pra pegar essa pulseira não precisava mostrar documento. Me senti no Rock in Rio Lisboa.

king for a day

Ontem eu fui no show do Faith no More. Quem costuma escrever de música é o pampa ou o agro, mas nenhuma das duas foram no show.

Não sou mto fã de festivais, prefiro ir no show de uma banda só, assim eles tocam por mais tempo, obviamente.

Cheguei pro Jane’s Addiction. Irado, muito foda mesmo. Apesar do lugar ser uma bosta (chácara do joquey), o som tava bom e os cara botaram pra fuder. Perry Farrel bichona como sempre e Dave Navarro tocando muito como sempre. Bom aperitivo.

Depois veio a atração principal. Puta que me pariu, que banda, que show. Mesmo velhos, os caras destroem. Diferentemente dos stones e aerosmith, o Faith no More soube envelhecer. Os caras mandaram uns covers irados e mesclaram pancadarias com lentas.
Destaque pro Mike Patton que aprendeu a falar porracaralho meia hora antes do show e não parava de gritar isso. Monstro.

05/11/2009

quem é rei...





e o que mais me impressiona nesse vídeo, é que como um playboyzinho como ele mora num quarto tosco desse? certeza que ele pediu pra gravar na casa do zelador.

29/10/2009

faça chuva ou faça sol

Muitos de vocês já devem ter ido ao estádio para ver um jogo do seu time de coração (vôlei não conta, Nandofer).

E pra mim, uma das coisas mais engraçadas que acontecem é quando começa a se aproximar o fim do primeiro tempo e o sujeito, para evitar aquela fila monstra no banheiro, sai um pouco antes pra dar uma urinada em paz. Só que aí, sai um gol do time do cara, e o filho da puta volta correndo pra ver. Pra ver o quê, jovem? No estádio não tem replay, não tem a câmera exclusiva da Globo. Aí fica aquele otário na beira da escada, que não sabe se comemora, não sabe se fica puto, olhando com cara de cu pro campo.

Aí quando alguém tira sarro, ele fala que depois vê o gol pela TV. Ah, legal... O cara vai até o estádio pra ver o gol pela TV depois. Ta bom.

A melhor coisa é esperar o final do jogo pra depois mijar na roda do carro ao lado do seu. Tradiça.

26/10/2009

The Best Of Both Worlds

Lembra quando o SBT ficava esperando a novela da Globo acabar e colocava uns desenhos da Pantera Cor-de-Rosa, Mr. Magoo, tal, pra enrolar?

Então, enquanto a gente pensa em algo bem interessante para escrever (espere sentado), vou utilizar do mesmo expediente. Pra encher aquela linguiça, aí vai o clipe da música-tema de Over The Top, também conhecido como “Falcão – O Campeão dos Campeões”. O filme retrata o submundo das competições de braço-de-ferro nos Estados Unidos sob o olhar de um caminhoneiro que tem que lidar com seu filho almofadinha – interpretado por Demi Moore.

“Winner Takes It All” é mais uma pérola do hard-rock do lendário vocalista e guitarrista Sammy Hagar. Além de matar as saudades do filme, a partir do 2:52 o clipe ainda mostra uma imperdível disputa entre Sly e o Red Rocker.

Vire seu boné pra trás e aproveite.

 




21/10/2009

foda-se

14/10/2009

I'll be back

Acredito que pouca gente aqui deva saber, mas estou indo trabalhar como técnico de som num navio, o Majesty of the Seas, da Royal Caribbean, por 7 meses. Vou hoje pra Miami, e embarco no navio sexta-feira, e só volto pra cá em maio do ano que vem.

Sempre que possível, entrarei aqui pra postar uma porra qualquer, fiquem tranquilos.

E além disso, criei um outro blog, o Diário de um Agro (http://diario-de-um-agro.blogspot.com), onde contarei um pouco da minha vida à bordo, e colocarei algumas fotos das petecas, dos lugares,etc.

Despeço-me temporariamente de todos, em especial dos meus brothers Michael, Pampa, Servas Boy e Jeffrey, e agradeço todos os leitores desse conceituado blog.

Que a tempestade de merda nunca acabe no Vale Bomba.

Abrasssss

PS: Não vou assistir ao jogo, mas quero que a Argentina seja entubada pelo Uruguai, e podem tomar no cu todos que pensam igual ao chupa-pau de argentino que comentou no outro post.

07/10/2009

The Glow

Precisa mais que isso?



* Aproveitando para comemorar o primeiro aniversário do VB, 
agradecer ao(s) leitor(es) do blog e aos camaradas que se puxam
para postar as coisas aqui.

06/10/2009

Chupa, Cascão

04/10/2009

Eu queria ser amigo desse cara

O Mundo precisa de Mais mestres como esse.


01/10/2009

1 ano de bombardeio

No último dia 30 de setembro, o Vale Bomba completou 1 ano de vida.

1 ano de muita merda, enrolação, xingamentos, música, cultura, fotos bizarras, assuntos bizarros, assunto nenhum, entre outras coisas.

Sou o caçula do blog, não faço parte desde o princípio, e gostaria de aqui, em rede nacional, agradecer Pampa, Michael, Servas e Jeffrey, a oportunidade à mim dada.

Quero agradecer também aos leitores, que comentam, que não comentam, que respondem às enquetes, e que vem falar com a gente sobre o blog. Sem contar as leitoras, que são as mais gostosas e ninfomaníacas do hemisfério sul.

Não vamos mudar PORRA NENHUMA, mas podem dar sugestões.

Gostaria de deixar aqui em aberto pros leitores comentarem o ponto alto, o que acharam uma merda, essas coisas. Só por curiosidade mesmo, já que o blog vai continuar igual.

É isso aí,

Agro, o Parcimonioso

29/09/2009

ele está no meio de nós

Quando garoto, é normal termos medo de monstros como o bicho-papão, a loira do banheiro, crianças japonesas, ou até mesmo o malamen.

Depois que crescemos, até achamos graça dessas besteiras.

Agora, o assunto que venho falar hoje é muito mais sério. Esse é um ser que nos assombra até hoje, não importa a idade. Basta cruzar os olhos uma vez que um terror invade nossas mentes, ondas de calafrio se espalham pelo corpo e, aos poucos, vai digerindo nossa vontade de viver.

Estou falando do Fofão da Paulista.

Aquele mutante barbudo que fica pedindo dinheiro no farol, e não contente com a cara deformada, ainda passa uma maquiagem assustadora. Eu nunca consegui saber direito o que ele quer, mas acho que é algo relacionado a teatro (só podia).

Durante toda a minha adolescência eu não podia andar sossegado perto de casa, com medo de a cada esquina, trombar com esse ser que suga a alma de quem passa perto dele. Lembro de uma vez que uma ex-namorada do Agro começou a chorar, enquanto aquela massa disforme se dirigia impiedosamente em direção ao nosso carro.

Inclusive já foi matéria do finado Notícias Populars, depois de tentar assaltar uma joalheria.

Pois bem, hoje mesmo estava eu sossegado, quando recebo uma ligação desesperada de Pampa. Ele tremia, sua voz era uma mistura de pavor e ansiedade. Eu mal conseguia entender suas palavras, quando eu finalmente ouvi: “mike, o fofão tá no carro da frente, ta vindo na direção do meu.”
Pronto. De súbito tive uma taquicardia. Não era possível que esse pesadelo tinha voltado. Fazia anos que eu não via essa aberração, e lutava constantemente para não lembrar dele.

Por sorte, Pampa conseguiu escapar do nosso algoz, mas não sem levar seqüelas que vão ficar para sempre em sua mente.

Não consegui achar muitas fotos na internet, mas aqui vão algumas para você entender do que eu estou falando. E muito cuidado ao andar na região da Paulista. Você pode ser o próximo.



24/09/2009

Agro, telefone, minha casa

Um grande amigo me passou um link esses dias, de um vídeo de uma russa bem gostosa.

Até aí normal.

Cliquei no link, e apareceu a página do site, e precisava fazer um registro rápido. Fiquei com preguiça, mas como ele disse que valia a pena, fiz o cadastro.

Preenchi tudo, e a última coisa necessária pra validar, era aquela parada anti-spam, onde vc copia os números e letras do quadrinho, pra verificação. Acho que todo mundo sabe o que é isso né?

Aí copiei as letras, os números, e antes de dar enter e ver o vídeo da gostosa, uma coisa chamou minha atenção. A frase referente ao quadrinho anti-spam era: Prove que você é humano!

Porra, como assim, prove que vc é humano???

Só precisa copiar umas letrinhas de um quadro pra provar que eu pertenço à raça humana? O macaco da USP consegue copiar. E com certeza um ser da Constelação da Ursa Maior, milhões de vezes mais evoluído do que nós, também vai conseguir.

Quando eu estiver numa competição intergaláctica sem documento, ou se as autoridades desconfiarem de mim, e falarem “ Prove que vc é humano!”, a última coisa que vou pensar é em copiar letras de um quadro.

Se essa é a tática utilizada pra descobrir ETs entre nós, já aviso desde já que não vai funcionar.

Podem ver com os próprios olhos:

http://www.dailymotion.com/register

PS: Se alguém quiser ver o vídeo da gostosa e for humano, o link pro vídeo é:

http://www.dailymotion.com/relevance/search/striptease/video/xa98u1_i-love-yulia-nova_sexy

22/09/2009

POSTÊRA

Quem será que que foi o corno que começou a colocar ÊRA no final de todos os nomes?

Tava no aniversário do meu primo, e um mané chegou pra dar os parabéns, e falou: " Parabéns NANDÊRA!". Que Nandêra o caralho, é NANDO porra!!!!

E o pior é que essa merda tá espalhada já, não tem volta!!

Que houve com Tiago, Paulo, Felipe??? Agora é Tiaguêra, Paulêra e Felipêra.

É muito ridículo!!

Pior que isso, só quem acha legal falar o próprio nome assim!!

Um conhecido meu, vamos chamá-lo de Jumento, começou a assinar os e-mails como Jumentêra. Porra, vira homem, pára de viadagem.

Devia pegar uma MANGUÊRA, e enfiar no cu de todo mundo que fala assim.

21/09/2009

Tony Ramos é caçula perto desse aqui




"Um chinês, considerado um dos homens mais peludos do mundo, procura um novo amor pela Internet, após terminar seu namoro. Yu Zhenhuan, que entrou para o livro dos recordes em 2002, utiliza os serviços de uma agência de namoros online, segundo o site Ananova.

Yu, 29 anos, que conheceu a ex-namorada pela Internet, diz que o relacionamento chegou ao fim após três anos e agora espera encontrar um novo amor.

"Meu corpo inteiro é coberto de pêlos e meus pais estão preocupados achando que eu não vou encontrar uma mulher. Muitas meninas ficam chocadas quando me vêem pessoalmente", diz o chinês.

"Eu me sinto como o King Kong, odioso, mas com um coração frágil e delicado", afirma Yu no site onde busca uma nova namorada."





Fonte: comunidade do orkut " Anão vestido de palhaço mata 8".

16/09/2009

o X marca o local




13/09/2009

É só seguir a placa...

Faz alguns meses, estava voltando do clube, na Avenida Cidade Jardim (City Garden Avenue, como eles dizem na América), e parei no faról pra cruzar a Faria Lima, sentido 9 de Julho.

Era o primeiro da fila, então fiquei olhando os munícipes atravessarem a rua, e como sempre, comecei a calcular a relação pedestres gostosas/comíveis/zuadas, pra passar o tempo.

De repente olhei um pouco mais pra direita, e a avistei.

Eu olhei pra ela, ela olhou pra mim. Desviei o olhar, mas depois voltei pra ela. E ela olhando pra mim o tempo todo. Ficamos nessa dança dos olhares por uns breves segundos, que mais pareciam uma eternidade. O faról ficou verde, e fui embora, incomodado e pensativo.

Não era nenhuma mina que me deu fora, nenhuma ex que partiu meu coração, nenhuma mina que comi e fugi depois de jogar as roupas dela na jacuzzi do motél, e nem algum amor platônico de infância ( ou de adolescência, ou de vida adulta).

Era uma placa de sinalização.

Alguém pode me explicar qual o propósito de uma placa na Cidade Jardim, com uma flecha apontada pro sentido do centro, escrito “ PLAYCENTER”? Alguém sabe me dizer pra que serve uma porra dessa?

Isso mesmo, Playcenter. Aquela bosta que vc achava o máximo, e agora vc passa e não consegue entender como já achou aquele lugar seu maior sonho.

Qual o sentido dessa placa?? O Playcenter é longe pra caralho!!!

Não é uma estrada porra!!! Numa estrada tudo bem, tem uma placa “ Jacareí – 30 quilômetros”. Beleza, é até bom pra vc saber que tá no caminho certo. Agora uma placa apontando a direção do barco viking, do outro lado da cidade???

Essa placa deve ter feito algum sentido um bom tempo atrás, na época das Capitanias Hereditárias, quando só tinha uma estrada de terra que ia pra todos os lugares. Ou então na época do grande faraó Ramses, quando ele navegava as águas do Nilo. Aí tinha a placa ” Esquerda - Alto Egito, Direita – Baixo Egito. Hoje em dia é ridículo, não tem como. Até dentro dos prédios tem placa pras pessoas não se perderem. Aí me metem uma placa “Playcenter”, em plena Cidade Jardim??? Vai te fuder pra lá, como diria Romário.

Quais as chances de alguém chegar no Playcenter só com essa informação? Porra, depois dessa placa, vc anda 50 metros, e tem que escolher se vai pra 9 de Julho ou pra Avenida Europa, já fudeu tudo.

Isso deveria ter aparecido naquela sessão da Veja em SP,” Mistérios da Cidade”.

Antes de incluir esse post no blog, fiz questão de passar lá pra ver se a placa ainda existia, pra ter credibilidade né? Infelizmente depois de algumas mudanças ali naquele cruzamento, tiraram a porra da placa. Mas o post continua, só ganhou um final novo.

E agora, como as pessoas vão conseguir chegar no Playcenter?

Não é possível que ninguém mais tenha visto essa placa. Se ninguém nunca viu, juro que ela existiu.

10/09/2009

Issáááááa

Já viu o cara mais empolgado do mundo?
E o mais afinado, com a melhor voz?
E o melhor guitarrista?




Gosto bom ele tem, meteu um " Questioningly " do Ramones.

Acho que até o Paulo Cintura fica triste vendo esse vídeo.

09/09/2009

Mundo Cão

Cada vez mais ouço a seguinte frase: “ Esse aí tá com a vida ganha”.

Quem vcs acham que é “ esse aí“ da frase acima? Ronaldo, Kaká, Bill Gates, Seu Madruga??

Erraram, e por muito. Essa frase se refere a um ser que nem pertence à mesma raça que nós. Sorte dele.

Estou me referindo ao cachorro, ao cão, seu “ irmão mais novo” ou “ seu filho “.

Hoje em dia, eles são praticamente humanos, e com certeza, muita gente prefere a companhia de um cachorro à companhia de outro homo sapiens. E essas pessoas estão certas.

Já pararam pra pensar nisso? A que ponto chegamos? Temos inveja da vida que um cachorro leva. Preferimos passar o tempo com um cão do que com um semelhante. Nós, os homens, que “evoluímos” muito mais que os outros animais, que dominamos o mundo. Que bela ironia não? Invejamos um animal que gosta de correr atrás de uma bola, que late quando vê um carro, que mija pra marcar seu território, que não tem consciência da própria existência.

Concordo que muito cachorro tem vida de rei, realmente. Vivem melhor que muita gente. Nossa vida anda tão sem valor, tão vazia, tão sem propósito e tão descartável, que muitas vezes gostaríamos de ser igual ao nosso bicho de estimação. Ou simplesmente a companhia canina já basta.

O cão não tem preocupações, não pensa em nada, não procura propósito pra vida, não tem responsabilidades, não sabe o que é violência, não tem ambição, não foi corrompido, e o mais importante, não percebe que o mundo ao seu redor está desmoronando.

Fica lá, comendo, dormindo e brincando o dia inteiro. É pra se invejar mesmo.

Evoluímos muito, somos infinitamente superiores. Será mesmo? Nossa vida é moldada por riscos. Risco de comer uma mina e morrer, se pegar uma AIDS da vida. Risco de encontrar um brother num bar, e pegar dele uma doença nova. Risco de ser atacado por alguém da sua própria espécie, não por instinto de sobrevivência, mas por maldade, ganância, inveja. Risco de ser abandonado pela boiada, se não concordar e não tiver os mesmos valores e princípios dos bois.

Que caralho de evolução é essa? Puta que pariu.

O cachorro vive exatamente do jeito que sempre viveu, e vive feliz, com o rabo abanando.

Se existe mesmo reencarnação, quero voltar de outro jeito, menos de humano. Até Reino Monera eu aceito. Isso se ainda tiver vida por essas bandas.

E já vou me adiantar e mandar tomar no cu quem acha que tô falando mal de cachorro. Só se a pessoa for muito estúpida pra não entender esse texto.

O homem com o maior antebraço do mundo.

09/09/2009 - 10h47

Mulheres passam dois meses presas em falso reality show na Turquia

Do UOL Notícias*
Em São Paulo
A polícia libertou nove mulheres turcas que passaram dois meses presas em uma casa em Istambul, onde eram permanentemente filmadas pensando participar de um reality show do tipo "Big Brother".

As garotas, com idades entre 16 e 22 anos, participaram de uma falsa seleção organizada pelos organizadores da farsa, que divulgaram na imprensa que buscavam garotas para participar de um programa de televisão.

As jovens assinaram um contrato em que se comprometiam a não abandonar a casa nem entrar em contato com ninguém de fora do local até o final do programa, sob o risco de ter de pagar multa de € 25 mil.

Acreditando que eram estrelas de um programa de televisão, as garotas permitiram ser filmadas 24 horas por dia, inclusive na hora do banho.

Elas foram resgatadas pela polícia após uma denúncia dos parentes. Os policiais entraram na casa e prenderam um homem que estava no local.

* Com informações da EFE

08/09/2009

meu dicionário

Amigo, nem quero me alongar no assunto, mas essa é pra você que é biologicamente masculino e usa no seu vocabulário do dia-a-dia frases/palavras como "eu amo...", "eu adoro...", "que horrível", "uau", "super", etc:

Você é uma bichona.



PS: a primeira tá liberada se for pra Gisele Bündchen ou Jessica Alba peladas na cama em algum local fechado isolado sem ninguém num raio de 1 km.

And Justice For All

As fêmeas me agradam em demasia. Elas tem total controle sobre meu ser. As boas, claro. Como já diria Roger Moreira, grande pensador de nosso tempo, “ Se não é por mulher não saio nem do lugar”.

Tenho particular atração por seios, muito mais do que por bunda. Infinitamente mais.
Por exemplo: Acho lindo quando uma mulher (gostosa) vai arrumar o sutiã, que está meio fora de lugar, apertando, incomodando, etc. Aí ela vai, puxa, aperta, faz o que tem que fazer, e arruma. Às vezes isso vale o dia (um dia bem vagabundo). Quando ela tá sem sutiã, e precisa arrumar o peito, melhor ainda. Aí vale qualquer dia, bom ou ruim.

Credo, Agro, que post machista, ridículo. A mulher não pode arrumar o sutiã, ou o peito? É normal!!Vai ficar aqui escrevendo sobre isso?? Se não tem assunto não escreve...

Concordo em gênero, número e grau.

Agora me expliquem por favor, por que um cara não pode arrumar a cueca, quando alguma coisa tá incomodando?? Por que falam que é feio, porco, nojento?

Tavam pensando que eu ia falar só sobre mulheres gostosas? Acharam que eu ficar aqui que nem um idiota escrevendo sobre peitos, né? Se fuderam.

Isso é uma das maiores injustiças do Universo (sempre em expansão).

Não tô falando do cara que coça o saco compulsivamente. Isso aí não precisa fazer mesmo. E muito menos tô falando que quero mais caras arrumando o saco perto de mim. Que fique bem claro isso.

Mas aquela ajeitada no maquinário faz-se necessária de quando em vez. Porra, what’s the fucking problem? Tem horas que realmente precisa de uma ajuda manual pra tudo voltar pro lugar certo.

Tem que arrumar a criança, o saco, os fios de ovos. Do mesmo jeito que as moçoilas tem que arrumar o peito. Mas pra mulher é normal, pro homem é horrível. Vai se fuder.

Tem horas que o elástico da cueca machuca. Tem horas que o meninão muda de posição sozinho. Tem também o famoso “ com a corda no pescoço “, (só pros circuncidados, como eu), que é quando um pentelho rebelde se enrosca na chapeleta, e começa a estrangular a coitada.

Porra, tem que parar o que tiver fazendo e arrumar isso!!! Foda-se onde vc está!!

Exijo o fim da perseguição aos homens que cuidam dos seus pertences. Afinal, não somos só nós que nos beneficiamos com o carinho e cuidado que temos com eles.

Então mulheres, parem com esse papo de que é nojento homem arrumar os documentos. Vcs fazem coisa muito pior (eu acho melhor) com nossos genitais. E fazem com gosto.

03/09/2009

Kings will be Kings

Em 15 de novembro de 1889, no Rio de Janeiro (capital do Império do Brasil), um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo Marechal Deodoro da Fonseca, deu um golpe de estado e depôs o Imperador D.Pedro II. Foi instaurada a República no Brasil. Acabou a Monarquia.

Estava eu recentemente lendo Caras, na sala de espera do meu terapeuta (sim, Agrinho cuida da cabeça), e fiquei intrigado com uma matéria em especial, sobre Paola de Orleans e Bragança, a “ princesa “ DJ.

Princesa, malandro?

PRINCESA???

Que mané princesa!!!

Alguém precisa avisar esse povo Orleans e Bragança, que eles moram no Brasil!!. São governados pelo Lula, tão fudidos como todos nós (plebeus). Não tem o menor cabimento uma porra dessas!!!

Fiquei curioso, e li um pouco sobre a família “ real “ brasileira.

Pesquem essas informações:

D.Eudes de Orleans e Bragança ( 8-6-1939). Renunciou por si e por sua futura descendência, em 3-6-1966, a seus direitos dinásticos ao Trono do Brasil.

D.Bertrand de Orleans e Bragança ( 2-2-1941), Príncipe Imperial do Brasil desde 5-7-1981. 2º na ordem de sucessão dinástica.

D.Luiz de Orleans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil desde seu nascimento, em 6-6-1938, até 5-7-1981, quando assumiu a Chefia da Casa Imperial Brasileira.

Direitos dinásticos??? Sucessão Dinástica??? Príncipe Imperial???

Acorda pra vida, caralho!!! Jogou onde?? Fez gol em quem??? Esse povo não tem noção de nada, vai tomar no cu.

Imagina o cara tomando multa na estrada, vira pro guarda e fala: “ Vc não pode me multar, eu sou Príncipe Imperial do Brasil”. É patético demais.

Para com isso, irmão. Essa palhaçada não pode existir. Trono do Brasil?? O Brasil não tem trono não, nem privada. A merda vai acumulando aqui, não vai pra nenhum outro lugar.

01/09/2009

Le(ge)nda Viva

Tem uma coisa que me incomoda faz muito tempo.

Faz uns 20 anos, eu tava vendo TV, e o Elia Júnior (da Bandeirantes) apresentava uma matéria sobre o Michael Jordan. Em certo ponto, ele se referiu ao atleta em questão como sendo uma “ legenda viva “ do esporte.

Eu, com mais ou menos 10 anos, já achei estranho. “Legenda viva”? Não seria “lenda viva”? Mas, eu ainda não era esse poço de cultura e sabedoria que sou hoje. Então deixei passar (pra sorte do Elia Júnior).

Enfim, os anos foram passando, eu fui crescendo, e esse fato nunca saiu da minha cabeça. Aí comecei a ouvir mais gente falando “ legenda viva”, quando se referia à algum personagem importante, algum ator, esportista, estrela pornô, etc. Fui ficando com raiva, porra.

Legenda o caralho!! Só porque em inglês lenda é legend? Não precisa falar igual os gringos falam. “Legenda viva” pra mim, é quando as palavras ganham vida, saem da tela do cinema, e entram dentro do cu de um imbecil que acha certo falar “legenda viva”. Qual a dificuldade em falar “lenda viva”?

Quando alguém fala "legenda viva", é mais fácil imaginar o que? O Tiririca recebendo o Lifetime Achievement Award, ou um ataque de palavras saídas de uma tela? Óbvio que é o ataque!!!!

Esses dias, estava deitado em minha cama, pelado, lendo um livro do Luis Fernando Veríssimo (O Opositor), quando pra minha frustração e infelicidade, ele utilizou a palavra que me infernizou a vida toda: “ legenda “. Não sei quem era uma legenda, disse ele no livro.

Banho de água fria.

Porra, se o Veríssimo escreve no livro, quem sou eu pra falar alguma coisa?? E se ele escreve “legenda”, quais as chances de estar errado?

Com lágrimas nos olhos, entrei em alguns sites e dicionários online, e realmente não está errado usar “legenda” no lugar de “lenda”.

MAS...

Aposto que tirando o Veríssimo, todo mundo que fala “legenda viva”, fala por pura ignorância, e não porque sabe que tá certo. Então me sinto totalmente no direito de falar:

VAI TOMAR NO CU, VC QUE FALA LEGENDA VIVA.

31/08/2009

cadê neném, cadê?

Quando eu vejo uma mulher empurrando um carrinho de bebê, a primeira coisa q eu penso é se é ela gostosa. A segunda, é que alguém comeu essa gostosa.

Mas acreditem, tem gente que consegue fazer pior: vai direto no carrinho onde o feto ta tentando dormir e começa a falar que nem mongol. Aquela vozinha gemida, olhos vidrados, frases que não fazem o menor sentido e sempre terminam em interrogação. Esse é o famoso Baby Talk.

Pra mim, não tem coisa mais irritante que uma pessoa adulta falando que nem mongol, sem ela ser mongol. "cadê neném?" - tá na sua frente, caralho, não tá vendo?

Na boa, o bebê já não entende se você fala normal, ele mal diferencia sua voz de uma baleia albina acasalando. Afinal, ele é só a porra de um bebê, e vc vem falar como se tivesse acabado de fazer uma lobotomia. Não dá.

Lógico que todo neném sempre chora quando alguém estranho vai falar com ele. Eu também choraria se todo mundo só falasse comigo desse jeito.

E não é só mulher não, tem muito sacudo por aí que é adepto dessa horrível mania.

E pior, tem gente que usa pra falar com cachorro, com planta, com amigos, até pra pedir Cheddar sem cebola no Mc Donalds. Puta que me pariu...

Até aí tem uma certa lógica: bebê, cachorro, planta, balconista do McDonalds são seres que não pensam e não respondem.

Mas, e namorados, então? Eu tenho um amigo, barbudo, que é só a namorada dele aparecer que o féla já quebra o pescoço, começa a fazer beicinho e falar mole com ela. Ah, meu velho... você tem quase 100 quilos, me respeita, porra!!!
Eu juro que dá vontade de pegar uma barra de ferro e acertar na nuca do sujeito.

Aí sim ele vai ter motivo pra falar babando.

E se...

E se a Gripe Suína fosse transmitida pelo peido?

É, pelo peido! Afinal, quando sentimos o peido de alguém, estamos inalando e colocando para dentro do nosso pulmão aquele gás fétido que saiu do cu do seu amigo ou de um completo desconhecido.

Pois é. Pra começar, os churrascos ou visitas à casa de amigos seriam completamente diferentes. Aquela brincadeira saudável de soltar a bufa na roda de amigos bêbados não ia mais existir.

A famosa “bombinha”, técnica pela qual você peida na própria mão e arremessa o peido na face do brother ou da irmã mais nova, seria motivo de processo: “Ele deliberadamente, inseriu o vírus dentro do meu nariz, meritíssimo! Isso é crime doloso!”.

Andar de elevador seria uma merda. Sabe aquele cheiroso que você deixa quando sai? Ia deixar um peso na consciência monstro! Ou aquele silencioso quando o elevador tá lotado depois do almoço da firma?

No primeiro sinal do cheiro, as pessoas em pânico iam começar a gritar, cobrir o rosto com o paletó, as minas levantando o vestido da 25 de março pra tampar o nariz (aí, ia aparecer aquele Slim Shape bege pra todo mundo ver), um mais desesperado ia apertar a emergência e se esgueirar pela fresta aberta.

Depois, ia dar entrevista: “É... eu salvei todo mundo. Apertei a emergência, puxei a gostosa do Contas a Pagar, puxei a mala do diretor (ou o saco), mas... a gorda da expedição ficou presa. Uma lástima! Mas acho que foi aquela porca quem peidou mesmo...”

Certeza que iam inventar alguma placa como aquela placa imbecil de “verifique se o elevador encontra-se neste andar”. Ia ser algo como: “Não peide no elevador em hipótese alguma, mesmo desacompanhado. A próxima viagem pode ser fatal”.

E a venda de fósforos pra deixar no banheiro pra queimar a bafa que fica ia aumentar em bilhões por cento. A Amazônia ia pro saco só pra produzir palito de fósforo.

O governo ia proibir a plantação de batata doce e repolho e milhares de agricultores ficariam desempregados.

E o pior de tudo! Nas escolas, quem tivesse com a mão amarela ia apanhar pra caralho dos coleguinhas!

É, ia ser foda.

Resumindo, ia ser um deus nos aCUda.

E quem tivesse com suspeita de gripe ia ter que sair com uma máscara no cu. Tipo fraldão. As grandes marcas iam lançar máscaras com novas estampas e por aí, vai.

As minas ainda podiam ter a vantagem da Johnson´s lançar uma máscara interna. O famoso OB pro cu. Os caras que usam lenço iam gostar.




Já pensou que merda? Então, pare de reclamar da vida.
E quando alguém peidar do seu lado, pense que poderia ser bem pior e respire aliviado.

Fear of the japs

Hoje venho falar de um assunto sério. De verdade mesmo.

O que vou dizer aqui é do conhecimento de pouquíssima gente. Só pessoas realmente próximas é que sabem dessa história, que foi um grande trauma na minha infância.

Chegou a hora de desabafar, colocar o que me sufoca pra fora. E nenhum lugar melhor pra fazer isso, do que o blog mais lido e amado do Universo, e cheio de leitoras gostosas (na minha cabeça vcs serão todas eternamente gostosas).

Quando eu era pequeno (não sei dizer ao certo minha idade), tinha medo de japonês.

É isso mesmo: EU TINHA MEDO DE JAPONÊS.

Pronto, falei.

Juro, foi uma época bem difícil. Lá estava eu, no parquinho do meu prédio, feliz da vida, sem preocupações. Não sabia o que era recuperação de verão, dinâmica de grupo, limite de conta bancária, mulheres com menstruação atrasada, enfim, essas coisas que vão fudendo nossa vida lentamente.

Ficava lá, brincando, todo ralado, sujo de sangue e suor (meus e das outras crianças ocidentais), quando eles apareciam.

Começava o pesadelo. Vinham de todas as partes. Uns apareciam de bicicleta por um lado, outros correndo pelo outro, alguns jogando bola. Parecia uma emboscada da 2º Guerra Mundial. Era um beco sem saída. Eu buscava um porto seguro, algo que me fortalecesse, mas infelizmente, só eu tinha medo dos japas, e meu irmão e todos os outros, se misturavam com os inimigos orientais, me deixando completamente desamparado, e com medo.

Medo da língua que eles falavam, dos olhos puxados. Medo do fato de todos eles parecerem iguais, medo da sapatilha branca sem marca que todos usavam, medo de tudo. Era um inferno.

A única solução era sair correndo, subir pro meu apartamento, e ficar lá, esperando a onda nipônica passar, e a calmaria voltar ao playground.

Quando minha mãe tava junto era mais fácil. Eu até bancava o durão e ficava lá, dividindo o espaço com eles. Meio de longe, claro. E segurando a mão dela.

Não tenho idéia de onde pode ter vindo esse medo. Só sei que sofri, e não foi pouco. Chorava, fugia, berrava, queria que eles se mudassem do meu prédio.

O foda é que depois de um tempo, ninguém queria mais brincar comigo, porque quando os filhos do Sol Nascente apareciam, eu largava o que quer que fosse, e corria pra casa, ou pra perto da minha mãe, e acabava estragando todos os jogos e brincadeiras.

Aos poucos fui vendo que eles não ofereciam perigo nenhum, e não tinha razão pra tanto medo e pavor. Percebi que podia ser feliz com essa interação nipo-brasileira infantil.

Hoje falo com orgulho que tenho um grande brother chinês (mas entra na categoria japa). No colégio, na faculdade, no clube, fiz vários amigos orientais. Inclusive já entubei com garbo e elegância umas japinhas e mestiças ao longo dos anos.

É como eles dizem lá no Japão:

“Gaikokujin nyuukoku kiroku.

Shuuzu sutokkaa, beekingu paudaa .

Enpitsu”

28/08/2009

Cultura Inútil

Fatos que não vão mudar em absolutamente nada sua vida. Assuntos pra puxar com uma mina gostosa num bar. Motivos pras pessoas pararem de achar que sou apenas mais um rostinho bonitinho sem conteúdo.


A origem da milha ( medida de distância - 1, 69 km), vem das guerras da Roma antiga. É a distância equivalente à 1000 passos do Maximus ( Russel Crowe ).

No filme “ Capítulo 27 – O Assassinato de John Lennon”, o ator que interpreta John é Mark David Chapman, filho de ninguém mais ninguém menos que Mark Chapman, o imbecil que matou John Lennon na vida real.

O filho da puta que inventou o “ alistamento militar obrigatório” foi Olavo Bilac, o príncipe dos poetas, do Parnasianismo.

É impossível lamber o próprio cotovelo. Tenta aí, trouxa.

Ratos não vomitam. Paguei um pau pros roedores agora. Tô com um pouco de inveja também, admito.

O urso polar é canhoto. Se alguém já viu um urso polar escrevendo, ou cobrando uma falta de canhota, por favor, me avise.

Uma pessoa produz cerca de um litro de peido por dia, distribuído geralmente em 14 peidos diários. HOMEM E MULHER. Petecas, por favor, vamos parar com essa história de “mulher não peida”.

Se um corredor largar com menos de 0, 10 segundos de prova, ele queimou a largada. Esse é o tempo mínimo que cérebro e corpo precisam para receber um estímulo, assimilar e comandar uma ação. Se o cara der o golpe ninja numa mina, e ela se esquivar em menos de 1 décimo de segundo, ela tá dopada. Punição: 1 boquete.

O porco tem orgasmos de 30 minutos ( as mulheres que saem comigo também). E além do ser humano, o único animal que faz sexo por prazer é o golfinho. Por isso eles estão sempre felizes ( as mulheres que saem comigo também ).

“Agro” é o nome de um cavalo no jogo Shadow of the Colossus, do Playstation 2. Quando ele caiu num penhasco no fim do jogo, fiquei triste de verdade. Podem perguntar pro Michael. Depois que o jogo acaba, aparece ele vivo, mancando, indo encontrar o dono. Amor puro.

26/08/2009

The Beauty...

Chega de Regina Casé.


25/08/2009

...And The Beast

Quero falar (mal) de uma pessoa, aliás, de uma ex-pessoa. Hoje ela é um ser sem definição. Já passou da bizarrice, da trizarrice, e agora beira a monstruosidade e a deformação.

REGINA CASÉ.

Tava vendo tv ontem com uma amiga e passou um comercial dela. Quase gorfei a caixa inteira de Amandita que eu tinha acabado de comer.

Malandro, que porra é aquela? É demoníaco!!

Ela sempre foi zuada, isso é um fato. Mas o tempo não aliviou o lado dela, e a feiura foi crescendo exponencialmente com o passar dos anos. Parece que ela apanha de tamanco todo dia.

O Michael desde sempre fala que ela fez um filme pornô nacional ( esses com o Nuno Leal Maia), há muito tempo atrás, e diz ele que ela tá gostosa.

Peço aqui, pro Michael nos presentear com o link do filme em questão.

Aguardo ansioso, e com o saquinho de vômito do meu lado.


Só pode ser burrice

Gostaria de criar aqui uma seção permanente de coisas que a gente escuta todo dia e que só podem ser burrices.

Às vezes, burrice da humanidade. E às vezes, (cerca de 0,000000001%) burrice nossa de não entender.

E eu começo com: MÉDIA.

Vai tomar no cu todo filho da puta burro que diz:

"Os preços tão numa média de 30 a 35 reais".

"A temperatura no verão fica numa média de 28 a 30 graus".

"O pãozinho demora uma média de 10 a 15 minutos pra sair".

Caralho, seu energúmeno! Média é um número exato, sempre! (ou uma dízima, se você quiser).
Mas uma porra de um número só!!!!

Média! Soma tudo e divide pelo número de elementos. Fica um número.

Será que é tão difícil? Essa porra de média é ensinada na sexta série. Ou seja, 100% das pessoas que falam a palavra média se referindo a um preço ou a uma temperatura, chegaram até a sexta série. Por que esses cornos não sabem o que é uma média?

Quem não chegou até a sexta série, nem usa a palavra média, a não ser pra pedir café com leite no sertão da Paraíba! Aliás, nem isso, porque lá não tem leite. As vacas morrem de sede.

Então, aprende a fazer conta: meça a distância entre seu cu e seu umbigo. Depois meça a distância entre seu pau e seu umbigo. Tire a média. Se a média for maior que 75% da distância entre seu cu e seu umbigo, enfie o seu pau no meio do seu cu.

24/08/2009

Poesia pura

Certa vez fiz uma serenata pra uma mina. Escolhi cautelosamente a canção. Tomei um tapa na cara. É essa música aqui ( pode adiantar até 01:00):



Tem gente que ainda tem coragem de falar que não sou romântico.

23/08/2009

Separadas no Nascimento

.
Eu coloquei muito LSD no meu Toddy hoje ou alguém mais também acha a Maurren Maggi a cara da Cláudia Leitte?

Se for pelo que o pessoal comenta, tô seguindo a lógica. Afinal, quem nunca falou que a Maurren tem cara de baiana?

Olha aí...


Cláudia Leitte __________ Maurren Maggi



Nesta foto, a semelhança aumenta:




E essa é pra tirar qualquer dúvida:



P.S. Depois desta pesquisa árdua, vou pra própria banheta.

22/08/2009

o software mágico da Globo

"Aí vem uma turminha da pesada que vai aprontar de montão! Eles se meteram em altas confusões e agora vão deixar todos de pernas para o ar!"

Outro dia li um negócio interessante. Diz a lenda que a TV Globo demitiu seu narrador há muitos anos e quem cuida dos anúncios para a Sessão da Tarde é um software.

É simples. Primeiro ele computa dezenas de palavras, frases e expressões como tremenda, na maior, em ritmo de, radical, pra dar e vender, eletrizante, agito, galera, vai rolar, encarando, da pesada, etc.

Em seguida o programa puxa de um banco de gravações os nomes dos atores. Matthew Broderick, Ralph Macchio, Corey Feldman, Winona Ryder, etc. Como os sucessos televisionados tem pelo menos 20 anos ele nunca precisa ser atualizado.

Finalmente o computador recebe a informação do gênero do filme e automaticamente monta a locução virtual seguindo a regra:
  • Filme com cachorro: uma cachorrada; ...pra cachorro; osso duro de roer...
  • Filme no gelo/neve: vão entrar numa fria
  • Filme com fanstasma: ...que é de outro mundo; ...que é um espanto.
  • Filme com criança: uma turma da pesada; essa galerinha...
  • Filme com policiais: os tiras...
  • Filme com dois personagens principais: essa dupla do barulho...
No final, o mais importante: adicionar a palavra CONFUSÃO a qualquer custo.





21/08/2009

Urbanismo


Seria bom ter tudo à mão. A padaria na esquina de casa, o trabalho na rua de trás, a namorada no andar de cima, a outra namorada no andar de baixo... Mas é bem difícil, ainda mais numa cidade do tamanho de São Paulo. Então, pinta uma festa na alameda Desembargador Celulose, lá do outro lado da cidade – região que alguns chamam de Puta Que O Pariu, Casa do Caralho, Morumbi, etc.

Para chegar na alameda Desembargador Celulose, você é obrigado a recorrer àquele guia de ruas do seu pai, que vem colecionando orelhas nas páginas desde a época em que o carro da família era um Passat roots verde-oliva. Se – se! – você conseguir desvendar o mapinha sem vergonha que o pessoal da festa mandou por email e relacioná-lo com alguma das páginas mofadas do guia, periga chegar perto do local da festa.

Vamos supor que você conseguiu e está nas redondezas: é por ali em algum lugar. Pista da direita, segunda marcha, galera buzinando alucinada e você tentando ver as plaquinhas com o nome das ruas. Putz, será que é a próxima? Ou melhor seguir reto, em direção ao viaduto Cardamomo Rossoplasta? Bom, é só ler a placa na próxima esquina que o mistério finalmente vai se resolver. Tomara que seja a Desembargador Celulose, tomara que seja a Desembagador Celulose, tomara que seja a Desembargador Celulose. Você vai a 2km/h para não fazer bobagem, olha a placa e... PRAÇA OLEG BOBOBOV!!!

MAS POR QUE RAIOS NÃO COLOCAM O NOME DA RUA NA PLACA EM VEZ DO NOME DA PORCARIA DA PRAÇA???

Pra começar: pra quê dar nome a essas praças de bairro? Todo mundo vai chamar de “aquela pracinha lá” mesmo. É inútil. O que tem que ser sinalizado é o nome das RUAS, porque é por elas que a gente se orienta e é para elas que a gente vai. É difícil entender?

Ninguém sabe nome de praça, ninguém quer saber nome de praça e ninguém quer nem ir na droga de praça. Fazer o que lá? Pegar tétano? Procurar ponta de baseado? Sentar um pouco pra respirar uma boa dose de monóxido de carbono?

Ó, quer botar a praça na esquina? Beleza. Mas, primeiro, faz uma praça decente. E, na placa azul que fica na ponta no quarteirão, aquela que eu vou olhar quando estiver perdido lá na puta que o pariu desesperado pra achar o lugar que eu tô procurando, ESCREVE A PORRA DO NOME DA RUA!!!

Senão, juro que vou pisar na grama.



Vale Bomba Visionário

Alguém se lembra do Primeiro Post do Vale Bomba?

O Jeffrey abriu com chave de ouro e muito olho clínico.
Quem não lembra, clica aqui:
http://valebomba.blogspot.com/2008/09/ah-essa-no-vive-sem.html

Agora vem a bomba:

Deborah Secco será Bruna Surfistinha no cinema.



É amigo... quem sabe sabe. E que não vive sem, não espera acontecer.

20/08/2009

A mulher com o melhor físico do mundo

.



















.

Amor


Presidente e vice-presidente da Rede TV! com suas respectivas.

19/08/2009

Now we’re talking

Estava eu vendo o Mundial de Atletismo em Berlin (berlã), e cheguei a conclusão de que quando se trata de ídolos nacionais do esporte, nós estamos na merda.

O Senna era viado (e braço), o Kaká era virgem até semana passada, o César Cielo só chora e o esporte que mais ganha medalhas pro Brasil é o vôlei (ou vólei, como dizia meu finado avô).

Se focar no atletismo então, fudeu. O Robson Caetano não ganhou nem a Dança dos Famosos e a Maureen Maggi é dopada.

Eu poderia ficar horas aqui, não salva ninguém. Ou você esqueceu que o Pelé gravou A-B-C, toda criança tem que ler e escrever? Tamo fudido.

Agora, felizes mesmo são os poloneses. Dá um bizu no ídolo dos caras.








Essa caçula aqui se chama Piotr Malachowski, tem 6 metros de altura por 3 de largura, fora a Floresta Amazônica nas costas. Pra você ter uma noção do nível de ogrice dele, na escola ele era o cara que apavorava o Agro (sim, Agrinho é metade Yéti, metade polonês). O cara participou do lançamento de disco e por muito pouco não levou o ouro, perdeu por 28cm no último arremesso. Mas mesmo assim, quebrou todos os recordes da Polônia, o recorde mundial e levou a torcida ao delírio.

Agora, imagina você, polacão (pólas boy), seus antepassados se fuderam na Segunda Guerra, povo sofrido pra caralho, torcendo por Diego Hippólito de maiô. Aí realmente fica muito difícil.

Lixo é você

Segunda-feira, quase 10 da noite ( horário de Brasília ), voltava do clube pra casa. Tava ouvindo um Metallica de leve, feliz da vida, quando de repente o trânsito parou. Olhei uns metros pra frente e vi um caminhão de lixo.

Tava cansadão, com sono, então fiquei ali no carro, tranquilão, viajando na introdução de Battery ( do disco Master of Puppets ).

Alguma coisa atrapalha minha viagem mental, e volto pro carro. Percebi que no carro da frente, tinha um cara surtando, gesticulando, falando um monte de coisa que eu não ouvia, mas tive a impressão que ele tava proferindo o maior palavrão do mundo (bucetamerdapintocucaralhobostaporraputaquepariu). Enfim, ele tava totalmente descompensado. Não demora muito, o filho da puta começa a buzinar e gritar que nem um louco com o caminhão de lixo.

Aí fiquei muito puto. Como alguém consegue buzinar pro caminhão de lixo??? Vai tomar no meio do cu! Os caras tão lá, tarde da noite, pegando lixo. LIXO. O lixo que VOCÊ produz, seu grande filho de uma grande puta.

Tá atrasado? Paciência. Quer cagar? Caga na calça. Agora não vai querer brigar com o cara que ganha um salário de merda, e recolhe lixo pra viver. Sem contar que vc corre o risco de tomar um sacode nervoso, porque esses caras não são fracos não.

Se vc preferir, deixa o lixo dentro da sua casa. Aí não precisa de caminhão nenhum atrapalhando o trânsito. Acumula 1 tonelada de lixo, depois vc pega seu carro e se vira pra despejar a porra toda. Aí não, aí fica ruim né? Seu bosta.

Logo na sequência, o caminhão andou e abriu passagem pros carros, e o mané foi embora cantando pneu ( singing tire, como eles dizem na América).

Deviam jogar gente como esse otário, junto com o lixo, na traseira do caminhão.

17/08/2009

Arca de Noé



"...Deus observando o mau comportamento da Humanidade resolve inundar a terra e destruir toda vida. Porém, Ele encontra um virtuoso homem, inocente entre o povo de seu tempo e decide que este iria preceder uma nova linhagem do homem. Deus diz a Noé que faça uma arca gigante e leve com ele sua família e exemplares de todos os animais."

Pra você que sempre achou a história da Arca uma bela simbologia criada pelas principais religiões abraâmicas, agora vai descobrir que NÃO existe alegoria, é tudo VERDADE segundo os criacionistas, estes inimigos mortais de Darwin.
Só nos resta agradecer. Finalmente as dúvidas foram esclarecidas.

Algumas perguntas tiradas do site da Sociedade Criacionista Brasileira:


2. Como todos os milhões de espécies de animais poderiam caber na arca?
Não poderiam. A arca foi projetada para incluir apenas vertebrados terrestres -- aqueles que caminham sobre a terra e respiram através de narinas (Gênesis 7:22). Isso não inclui animais marinhos, vermes, insetos e plantas. Há menos de 350 famílias de vertebrados terrestres vivos. A maioria destes são do tamanho de um gato doméstico ou menor. Se cada família taxonômica estivesse representada na arca por um par de espécimes, e com as poucas famílias "limpas" representadas por sete pares, a arca deveria conter menos do que 1000 indivíduos. A arca poderia provavelmente acomodar dez vezes este número
. A questão de espaço para os animais na arca não é um problema difícil.

Uau. Imagina 1000 bichos comendo e cagando o dia inteiro durante 40 dias e 40 noites dentro de uma arca suja.



4. O que se pode dizer sobre alimentação, água e saneamento para todos aqueles animais?
Estas questões não são discutidas na Bíblia. A água da chuva poderia estar disponível, tornando o armazenamento de água desnecessário. O alimento foi aparentemente guardado na arca (Gênesis 6:21-22). O Deus que revelou a vinda do dilúvio, instruiu Noé sobre como preparar a arca e dirigiu os animais para a arca, certamente cuidou da "logística" necessária para o cuidado deles.

Imagina Deus chegando no Noé e o instruindo: "Anota aí, man: as lagartixas comem esse negócio verde aqui. As hienas africanas tomam água toda hora. Usa a do dilúvio mesmo. Os gambás fedem pra caramba então deixa eles guardados em algum lugar. Nunca deixe os leões perto dos ursos porque sempre dá treta. Gato e cachorro não preciso nem falar, né? Se algum bicho morrer você tá fudido."



5. O que se pode dizer sobre animais com alimento muito específico, tais como o coala que requer folhas de eucalipto?
Não sabemos se os coalas foram sempre restritos a folhas de eucalipto, ou se sua dieta mudou. Nem mesmo sabemos se os coalas existiram antes do dilúvio, ou se eles se diferenciaram a partir de um ancestral que tenha sido preservado durante o dilúvio. Possivelmente não haja um meio de obter a resposta.

Eu juro que isso tá no site!



6. Como os animais puderam encontrar seu caminho a partir da arca até a América do Sul ou a Austrália?
Não sabemos, mas parece provável que os animais foram dirigidos de forma sobrenatural para ir para a arca, e de novo para se dispersar a partir da arca. Isto pode ter sido obtido pela implantação de um impulso instintivo para migrar, ou pode ter sido através da ação direta de anjos. Alguns podem objetar sobre a invocação de atividade sobrenatural, mas esta é inerente a toda a história do dilúvio. Atividades sobrenaturais não implicam necessariamente violação de leis naturais, mas sim que os eventos foram dirigidos por seres de inteligência superior.

Sobrenatural é a especialidade das religiões. Porra, se Moisés abriu o mar só batendo um cajado no chão, Jesus transformou água em vinho, curou cego, paralítico, leproso, o que seria levar meia dúzia de animais de um continente para um outro?
Se a inteligência superior fosse bastante inteligente era só estalar o dedo que eles já apareceriam nos lugares certos. Bem mais fácil que implantar um impulso instintivo para migrar.




Enfim, verdade é com eles mesmo. Viva os Criacionistas!

15/08/2009

Altas Horas

Tava vendo na TV aquele Altas Horas. Algumas avaliações:

Por que o artista quando acha que ficou famosinho começa a falar com sotaque de carioca? Já não chega aquela baiana da Luana Piovani, que é nascida e criada em Jaboticabal, pagando de carioca com aquele sotaque pentelho?

Agora eu tô vendo a Luiza Possi e não é que ela tá falando do mesmo jeito? Na boa, essa mina tava semana sim, semana não no lugar onde eu trabalho. Ela é paulistana, sempre morou aqui. Aí eu vejo ela respondendo: "Isso, Serrrrginho. Esse é meu quarrrrto trabalho mashhhh quero que venha maishhhhh, néaa?".

Primeiro de tudo: quarto trabalho? Alguém ouviu os outros?? Segundo: seja autêntica. Você é paulista, sua vaca. Terceiro: sua música é uma bosta. Ficou até pequeno comparado com a Maria Rita que também tava no programa.

Falando nisso: que classe. Eu gosto pra caralho da Maria Rita. Ela é bonita, humilde, espontânea, estilosa e canta pra caralho. Fora tudo isso, a banda dela é monstruosa. Só carinha fudido. Chupa, Luiza Possi.

Outra coisa, a banda do Altas Horas é muito ruim. Legal a idéia de fazer uma banda só de minas mas essa em especial é UMA BOSTA. Só tem bolacha. E a guitarrista é homem. Suja.

Vou voltar a assistir aqui. Falô.

14/08/2009

filhos duma puta

Olha bem o que aconteceu comigo hoje quando tentei resolver uma parada com a bosta da NET...

Resumindo, antes de assinar um novo serviço (no começo de julho) perguntei a atendente qual era a melhor data para que eu não pagasse aquela porra de proporcional que esses putos adoram cobrar:

- "Senhor, sua fatura fecha no dia 13 portanto podemos estar tentando estar marcando a visita para o dia 13?"
- "Pode. Então só me confirma que o valor na próxima cobrança será de x, SEM proporcional algum, certo?"
- "Certo, senhor. O valor da próxima fatura é de x."

Hoje abro a fatura e tá lá a cobrança: x + proporcional de 37 reais.
Meu, VAI TOMAR NO CU. BANDO DE CORNO FILHA DA PUTA, NAO SABE NEM FALAR PORTUGUES E AINDA PASSAM INFORMACAO ERRADA!!!!! AAAAAAAAAAAAAAAHHHH!!!

Acabei de falar com um carinha da NET pra tentar resolver. O filho da puta é supervisor da Central de Atendimento e chama Estevão.

- "Sinto muito, senhor mas a cobrança está devida. A sua fatura fecha no dia 7."
- "Estevas, tô te falando que a sua subordinada me passou que a fatura encerrava no dia 13 e por isso eu marquei no dia 13!! Abre aí uma análise da ligação que eu fiz e você vai ver."
- "Sinto muito, a cobrança está devida. Mais alguma informação?"

Eu falei que não e desliguei mas a vontade era ter falado o seguinte:

- Estevão, vai tomar no meio do seu cu, seu bosta, filho da puta, vou comer sua mãe, cagar na cabeça do seu pai, jogar seu cachorro pela janela, vou fazer um corte na altura do seu estômago, te pendurar de ponta-cabeça e ficar olhando suas entranhas saírem enquanto eu assisto Bozo na TV. Viado!

Claro, Vivo, NET, TAM, Tim, Telefonica: vão todos tomar no meio dos seus cus.