03/12/2008

Almoço feliz

Ah, o almoço. Uma hora mágica para os firmolândias. (pra quem não sabe, é aquele pessoal que trabalha em firma, provavelmente se chamam de Pacheco, Gomes e Almeida entre sí, e saem para almoçar com o crachá pendurado no pescoço, pra dentro do bolso da camisa)

Já reparou como pra eles, qualquer almocinho de meia hora é um puta evento? Que derrota. Eles chegam de turma no quilão, um mais bobo que o outro, e ficam olhando pro nada até que alguém comece a juntar as mesas. Eu ganho o dia vendo esses goiabas se divertindo com piadas toscas (estilo pavê ou pacumê), falando da bunda da Solange do RH ou comentando do final de semana em Peruíbe.

Quando termina o almoço é clássico também: aquele ajeitada na calça pra colocar na altura do umbigo e às vezes, a gravata pra dentro. Aí a torcida vai ao delírio.

A volta pra firma é um capítulo à parte. Aquele andar jogando os pés pro lado, mão no bolso, ar de missão cumprida, o sorriso constante de bobo-alegre, e a tradicional paradinha na barraca de dvds piratas, achando que ninguém vai reparar que você tá olhando a seção Brasileirinhas.

Agora é só esperar dar 18:00h e voltar pra casa.

E bom serviço pra você.

4 comentários:

ary toledo disse...

NERD. FICA REPARANDO NOS FIRMOLÂNDIA. E CERTEZA QUE A MINA DO RH DEVE SER UMA PUTA GOSTOSA. QUE VAI NO VILA COUNTRY À NOITE E DÁ BALÃO EM VC.

michael disse...

inclusive o lugar que eu mais vou é o vila country. ou o kidaora. aliás, fortes candidatos para a festa de final de ano da firma. com distribuição dos presentes do amigo secreto.

pampa disse...

Angélica Grill é uma boa pedida.

pampa disse...

Outro dia fui no Rascal da Atilio Innocenti. Mamãe, tinha firmolândia saindo pelo ladrão!!